quarta-feira, abril 22, 2009

Enquete aponta os prédios mais odiados de Paris

Passados 36 anos de sua inauguração, a Tour Montparnasse [foto acima, vista do Champ de Mars] — construção mais alta de Paris, com 210 metros — ainda incomoda os franceses. Enquete do site do jornal Le Figaro apontou que este é o prédio da capital da França mais odiado pelos cerca de 15 mil votantes, com 35,4% de rejeição. O resultado foi divulgado hoje.

Há quem defenda a demolição do arranha-céu, inclusive o prefeito de Paris, Bertrand Delanoë. A torre localiza-se no quartier de Montparnasse, entre os arrondissements 14 e 15. Nela, funcionam escritórios, e o terraço, de onde pode se ver toda a cidade, é aberto a visitação (o ingresso custa entre 4,50 € e 10,50 €).

O conjunto de prédios à margem do Sena em Beaugrenelle [foto acima], no 15º arrondissement, ficou em segundo lugar na pesquisa, com 31,4% de votos contra. Em seguida, veio o Centre Pompidou [foto abaixo], mistura de museu e biblioteca no quartier Beaubourg, no 4º arrondissement. O problema: a fachada, formada por tubos coloridos, lembra uma fábrica.

A Opéra Bastille, cujo exterior é de gosto duvidoso e destoa do estilo da Praça da Bastilha, ficou com 15%. Ainda foram citados a Biblioteca François Miterrand (13,6%), a Maison de la Radio (12%), a pirâmide do Louvre (8,9%), o prédio do ministério das Finanças (7,5%), o Palais des Congrès (7,4%), o Palais Omnisports Paris-Bercy (6,8%) e o Parc des Princes (6,7%).

Nenhum comentário: