terça-feira, janeiro 20, 2009

Entenda os arrondissements, bairros de Paris

Para aproveitar o melhor de cada parte de Paris, é fundamental conhecer os arrondissements da cidade, divisão que facilita a escolha do lugar onde ficar e dos trajetos a percorrer. Os arrondissements são espécies de bairros identificados por números. A numeração de 1 a 20 parte do centro geográfico de Paris, numa espiral em sentido horário. Logo, os lugares mais distantes do centro são aqueles próximos do 20.

Em francês, fala-se premier (escreve-se 1er), deuxième (2ème ou 2e), troisième (3ème ou 4e), quatrième (4ème ou 4e) e assim por diante para designar os bairros. Cada um ainda é subdividido em quatro quartiers.

Os códigos postais (o nosso CEP) de Paris seguem essa mesma lógica, começando por 750 e terminando pelos dois algarismos do arrondissement onde o endereço localiza-se. O do Museu D'Orsay, por exemplo, é 75007, portanto fica no 7ème. Na hora de definir onde se hospedar, a dica é verificar o código postal do hotel.


:: Resumo dos arrondissements

1er (premier): É o centro geográfico da cidade, onde estão o Museu do Louvre, o Museu de l'Orangerie, o Palais Royal, o Palais de Justice, a Place Vendôme e o quartier Les Halles.

2ème (deuxième): Distrito comercial, que abriga o prédio da Bolsa de Valores e a Biblioteca nacional da França.

3ème (troisième) e 4ème (quatrième): Estes dois arrondissements abrigam o quartier Le Marais, antigo reduto de judeus e atualmente a área que reúne gays e jovens descolados da Paris. Aqui ficam o Museu da História de Paris (Carnavalet), o Museu Picasso e a Place des Vosges.

5ème (cinquième): O Quartier Latin, dos intelectuais e estudantes da Sorbonne, encontra-se nesta área. Além da Sorbonne, há o Panthéon, as Arènes de Lutèce, o Museu Nacional da Idade Média (Musée national du Moyen Âge) e o Instituto do Mundo Árabe (Institut du monde arabe) para se visitar.

6ème (sixième): É o bairro de Paris mais caro para se morar, com o Palais du Luxembourg e o Boulevard Saint-Germain.

7ème (septième): Outro arrondissement requintado, abriga a Torre Eiffel, o Champs-de-Mars, o Hôtel des Invalides e os museus D'Orsay [foto ao lado], Rodin e du quai Branly.

8ème (huitième): Aqui estão o Arco do Triunfo, a Champs-Élysées e suas lojas.

9ème (neuvième): O comércio também é o forte do 9ème, por conta das gigantescas lojas de departamento Galeries Lafayette e Printemps, coladas na Opéra Garnier. Ainda abriga Pigalle, área com cabarés e sex shops.

10ème (dixième): Onde se encontram duas importantes estações de trem, as gares de l'Est e du Nord.

11ème (onzième): Bairro residencial, o mais povoado de Paris. As atrações são a Place de la Bastille e a Opéra Bastille.

16ème (seizième): Monumento localizado atrás da Torre Eiffel, o Trocadéro é o destaque deste arrondissement residencial.

18ème (dix-huitième): Montmartre abriga a Basílica do Sacré-Coeur e dezenas de lojas de souvenirs.

12ème (douzième), 13ème (treizième), 14ème (quatorzième), 15ème (quinzième), 17ème (dix-septième), 19ème (dix-neuvième) e 20ème (vingtième): Outros bairros residenciais.


+
Calendário da França: estações, festas e feriados
+ Fuso horário: A diferença entre Brasil e França

4 comentários:

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu

aloisio disse...

Excelente a informação. Continue
Aloisio

Vania disse...

Me ajudou muito. Bem explicado e sussinto.

Anônimo disse...

Boa tarde! Meu filho ficará num hotel em Paris que fica na Rue Saint Lambert. QUal bairro fica essa rua? Disseram-nos que fica perto da Torre Eiffel. Por acaso vcs poderiam nos ajudar? Grata!